Exposições Virtuais:

 

 

40 ANOS DA UNICAMP: A CIDADE EM CENA


A colaboração do Centro de Memória-Unicamp às comemorações dos 40 anos da universidade se consubstancia na construção deste painel visual mostrando uma cidade interiorana que recebeu, na década de 60, uma instituição de ensino superior inovadora e arrojada.

Apesar de estarmos vivendo, nesse período, o fim dos "anos dourados" e o início dos "anos de chumbo" a Unicamp pode florescer porque surgiu dos embates entre os desejos da sociedade campineira por uma universidade pública e a ousadia de um experimentado dirigente universitário, Zeferino Vaz, hábil em propor soluções que tanto respondessem aos anseios tecnológicos dos militares no poder, como às expectativas de seus pares na academia.

Que cidade é essa? Os fragmentos do passado que conseguimos reunir mostram-na próxima à capital, rica, porque reunia ainda atividades agrícolas muito rentáveis, mas já contava com indústrias multinacionais em franco desenvolvimento. Mostra-se também como uma realidade urbana permeada por traços conservadores de um passado aristocrático não muito distante, mesclados a uma sociabilidade um tanto interiorana. Nessa década, entretanto, já é possível perceber atividades artísticas, esportivas e culturais que anunciam tendências rumo a um futuro muito mais amplo e promissor do qual somos hoje todos testemunhas e em cuja construção a Unicamp teve papel proeminente e decisivo.

Confira o texto completo

Ficha Técnica