Implantação

A pedra fundamental do campus da Universidade foi lançada em 5 de outubro de 1966, numa gleba de 30 alqueires, doada por João Adhemar de Almeida Prado, a 12 quilômetros do centro de Campinas. O lançamento acontece um mês depois de Zeferino Vaz se reunir com empresários da região para definir o perfil dos cursos a serem implantados. O Conselho Estadual de Educação autoriza a instalação e o funcionamento dos Institutos de Biologia, Matemática, Física e Química e das Faculdades de Engenharia, Tecnologia de Alimentos, Ciências e Enfermagem, e os Colégios Técnicos. Em 22 de dezembro Zeferino Vaz é nomeado para o cargo de reitor.

Em janeiro de 1967 a Faculdade de Odontologia de Piracicaba (FOP) é incorporada, e constituído o Conselho Diretor. É instalado o Instituto de Física Gleb Wataghin (IFGW) e constituído o Instituto de Química (IQ). Surgem a Faculdade de Tecnologia de Alimentos (FTA), o Colégio Técnico de Campinas (Cotuca), e a Associação dos Servidores da Unicamp (Assuc).

O primeiro edifício no campus, que aloja provisoriamente o Instituto de Biologia (IB) foi inaugurado em 1968. Cria-se o Departamento de Planejamento Econômico e Social, que daria origem ao Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (IFCH) e mais tarde ao Instituto de Economia (IE). Instala-se o Instituto de Matemática, Estatística e Ciência da Computação (IMECC) e o Colégio Técnico de Limeira (Cotil).

Em 1969 são criados a Faculdade de Engenharia de Campinas (FEC), abrigando os departamentos de Engenharia Mecânica e Elétrica e o Centro de Computação. Por decreto do Governo do Estado são baixados os Estatutos da Unicamp.

No ano de 1971 é criado o Departamento de Música, futuro Instituto de Artes (IA), e são inaugurados os pavilhões para as áreas de Química, Matemática, Centro de Tecnologia (CT), Centro de Vivência Infantil, Restaurante Universitário, Faculdade de Engenharia, Ciclo Básico e Administração Geral da Universidade.

As atividades da Faculdade de Educação (FE) começam em 1972, ano de inauguração do Centro de Tecnologia (CT) e de várias outras obras como o Ciclo Básico. Em 1974 tem início o curso de Pedagogia da Faculdade de Educação (FE).Em 1975 é lançada a pedra fundamental do Hospital das Clínicas (HC).